A varanda cada vez mais fazendo parte da família

Antes de começar a reformar ou decorar sua varanda, lembre-se de que existem regras estabelecidas por cada condomínio e que devem ser respeitadas. Nem sempre as adaptações que você deseja fazer no seu espaço serão aprovadas pelo síndico ou pela administradora do condomínio. Caso as regras permitam, uma opção muito requisitada aos arquitetos e decoradores é o fechamento da varanda. Cercar o ambiente com toldos ou vidros, além de ser seguro, traz uma sensação de mais intimidade e requinte para o espaço. O piso também merece um pouco de atenção. Se a idéia é fazer um ambiente novo e exclusivo, é importante investir em forrações diferentes para cobrir o piso original e tirar o desnível da varanda. Outra dica é a reprodução do piso da sala até a varanda, o que dá a idéia de que os dois espaços compõem o mesmo ambiente. Sol, chuva e vento são algumas das intempéries que fatalmente atingirão a sua varanda. Por esse motivo, invista em móveis confeccionados em madeiras de alta qualidade. Se você deseja uma alternativa à madeira, as peças de alumínio, fibra sintética ou vidro são excelentes escolhas.

Para garantir que sua varanda terá muito estilo e sofisticação, o mais importante é decorá-la de acordo com o seu gosto e estilo de vida. Pense nos seus hábitos e da sua família e decidam que tipos de ambientes vocês desejam criar na varanda; essa decisão vai determinar as outras escolhas.

Quem gosta da natureza pode encher o espaço com as mais diferentes plantas e, para isso, investir em belos vasos para incrementar a decoração. Já quem tem churrasqueira na varanda pode investir em um espaço gourmet para os amigos. E quem tem muito espaço investir em grandes sofás ou mesmo uma mesa de refeição para família. Outros elementos, como espelhos, esculturas, luminárias, tapetes, armários, prateleiras e etc. são muito bem recebidas no espaço, sempre de acordo com a proposta inicial do ambiente. Resumindo, o mais importante é prestar atenção nos detalhes para decorar sua varanda com muito bom gosto. Lembre-se de que se trata de um espaço pequeno, então o equilíbrio é fundamental para não pecar pelo minimalismo ou pelo excesso e elementos em um único espaço.

Gostou, então compartilhe!