Decoração de sala com listras- Seis regras para incrementar o espaço

As listras são bem-vindas na hora de incrementar a decoração da sala. Têm o poder de diferenciar o olhar e reformular os espaços, quando dispostas em paredes, pisos e cortinas.

Em doses menores, como em almofadas, oferecem baixo risco de erros. Confira abaixo seis dicas para incorporá-las aos ambientes, principalmente, a sala:

1-      Use listras de alto contraste em pontos inesperados- Para lavabos e corredores (espaços onde as pessoas não permanecem por muito tempo), listras fortes podem dar um toque a mais.

2-      Combine o tamanho das listras com o tamanho da sala- De maneira geral, quanto maior o espaço, mais amplas devem ser as listras na parede. As finas em um ambiente grande podem parecer uma simples textura de longe, enquanto as marcantes em locais pequenos ficam excessivas;

3-      Misture acessórios listrados, florais e sólidos – Uma dica para almofadas é juntar quatro estampas distintas, mas que contam com a mesma paleta de cores. Escolha uma com faixas largas, outra com listras estreitas, uma com floral delicado e, por último, uma sólida;

4-      Listras Verticais- Imponentes e masculinas, as listras verticais em paredes e cortinas criam a ilusão de altura, fazendo um espaço baixo parecer mais alto;

5-      Listras Horizontais- As listras horizontais fazem um corredor parecer mais longo, um teto mais baixo (e aconchegante) e um ambiente mais amplo;

6-      Listras Clássicas- As listras clássicas, de largura moderada e em dois tons, acrescentam aspecto tradicional ao ambiente.

São dicas simples, mas poderosas que você mesmo pode fazer e deixar seus ambientes mais aconchegantes e com um novo visual para sua decoração de sala, quarto ou qualquer outro ambiente.

Gostou, então compartilhe!