Espelho: O recurso que aumenta em muito o tamanho dos ambientes

Morar com pouco espaço não implica, necessariamente em viver em ambientes apertados como uma sala, ou quarto. Claro que, não dá para botar mesas de 18 lugares naquela sala nem investir em estantes enormes em imóveis pequenos. E hoje em dia, apartamento pequeno com metragens reduzidas é o que mais acontece no mercado imobiliário atualmente. Mas, existem truques simples de decoração capazes de deixar uma sala, por exemplo, muito mais ampla. A iluminação e espelho bem posicionados são alguns deles. Alguns arquitetos lançam mão de cores claras, objetivando transparências… E claro, espelhos para dar a um apartamento pequeno, por volta de 50 m2 o conforto necessário a um casal que adora receber amigos. É necessário ainda, ás vezes, como complementação ao projeto a derrubada de uma parede entre a sala e a cozinha até a escolha de peças de decoração, colocando um vidro com um projetor de imagens que separa os ambientes, dando dessa forma, a sensação de amplitude. Os espaços de sala de estar, sala de jantar e cozinha também são integrados. A enorme TV de tubo que muitos ainda têm, é claro substituído por um “projetor” cuja tela de vidro é a própria divisória entre os ambientes. Assim, a vista da ala social da casa fica livre de obstáculos quando o aparelho está desligado.

No quarto, são colocados espelhos que revestem o nicho que forma a cabeceira da cama e as portas dos armários, o que garante ainda mais a sensação de amplitude aos ambientes.  No caso da iluminação tem que ser pensada também, pois, pode fornecer mais profundidade ao projeto, tanto no destaque sutil conferido aos nichos e estantes quanto nos rasgos feitos no teto, que marcam a divisão dos espaços.

Já outros arquitetos gostam de apostar que o colorido e a amplitude podem também combinar. Tem que investir neste caso, em marcenaria bem pensada e iluminação de destaque. O imóvel seja apartamento ou casa de dimensões pequenas ficam modernos e clean, sem deixar de ser acolhedor. Muitos arquitetos e design de interiores dizem que quando o espaço é pequeno, é importante equilibrar as cores e brancos. Muitos sugerem em um apartamento de 50m2 tom de bege claro para os móveis e as paredes, e coloca-se em uma daquelas paredes um tom mais forte. Também, se opta pelo preto na mesa e no lustre na sala de jantar. No living, que integra as salas de estar e jantar, um painel de madeira clara embutindo a TV diante do sofá, tendo ao fundo um papel de parede marrom escuro com arabescos. Também, os espelhos ficam na altura dos olhos revestindo parte do living e a sala de jantar, criando um cenário de multiplicação que se segue até a cozinha. Na suíte da casa, a madeira aparece em dois tons: Um suave que envolve a cabeceira e outro mais escuro, usado nas portas dos armários. A porta convencional do banheiro é trocada por uma de correr.

Gostou, então compartilhe!