Há pisos que imitam a madeira com perfeição para a sua casa

Se você é um apaixonado por piso de madeira, mas fica com peso na consciência só de pensar em quantas árvores foram derrubadas para fazer aquele lindo assoalho, pode relaxar. Agora você pode contar com os modelos que parecem madeiras, mas acredite, não são. Pensando na preservação ambiental, nos últimos anos os fabricantes investiram em produtos alternativos à matéria prima maciça e o resultado não poderia ser melhor: materiais cada vez mais fiéis ao original, mas que pesam menos no bolso e na consciência. Antigamente, as imitações não convenciam, mas hoje podem ser utilizados em todos os espaços que a madeira ocupa. Hoje, há acabamentos cerâmicos, vinílicos, cimentícios, porcelanato e até de alumínio que trazem a textura da matéria-prima e ainda custam menos. Outras vantagens são a durabilidade maior e a facilidade de manutenção. Para garantir a aparência fiel à madeira, na hora de instalar as emendas devem ficar praticamente imperceptíveis. Uma dica para obter um resultado impecável é optar pelo porcelanato retificado, que tem peças de tamanho regular, visual uniforme e que permite um rejuntamento mínimo, de cerca de 2 mm.

Também vale investir em rejuntes com cores bem próximas às do material natural. Mas antes de decidir por um modelo alternativo, fique atento para um detalhe: se o ambiente já tiver madeira verdadeira, não aplique nenhum produto que a imite no mesmo local. Tentar colocar a madeira e a imitação no mesmo ambiente vai resultar em uma combinação destoante, sem harmonia. Por isso, se você já tem um piso de madeira, nem pense em substituir apenas aquela parte que está velha e desgastada.

 O ideal é tirar todo o piso antigo para depois aplicar as peças que imitam madeira. Como há uma grande variedade de marcas e modelos disponíveis no mercado, também são grandes as diferenças de preço.

 Então, vale a pena fazer uma boa pesquisa antes de comprar. Independente do modelo escolhido, uma coisa é certa: você terá um espaço muito bonito, durável e que não vai pesar no seu bolso e sem falar que o meio ambiente agradece.

Gostou, então compartilhe!