Pedras portuguesas na decoração dos ambientes

A inspiração que vem das calçadas

As pedras portuguesas caem bem na decoração da sala e outros ambientes do seu imóvel, criando belas composições, não apenas no piso, mas também em paredes. Esse recurso é barato, resistente e pode ser empregado em espaços rústicos ou contemporâneos. Como o nome sugere, a pedra portuguesa surgiu em Portugal, em meados do século XIX, tendo sido largamente empregada no revestimento de calçadas. Mas esse recurso também vem sendo explorado na decoração de espaços residenciais, proporcionando um belo e interessante efeito, graças ao contraste entre as pedras de cores e formatos distintos. Outras características da pedra que vêm agradando os profissionais de arquitetura e decoração dizem respeito ao bom preço, durabilidade e versatilidade do material, que pode criar espaços rústicos, contemporâneos ou com um toque retro. Mas, alguns arquitetos alertam que a instalação da pedra portuguesa requer cuidados especiais. Devem-se instalar as pedras uma a uma, de forma bem artesanal. A mão de obra deve ser especializada, além de extremamente cuidadosa e comprometida com o resultado final. Outros profissionais como design de interiores ensinam que as pedras devem ser aplicadas no chão com cimento e areia, porém, em paredes a instalação ser feita com junta seca. Eles lembram ainda que a manutenção desse material é menor e bem mais fácil do que a de outros materiais com a mesma função.

Os profissionais explicam ainda que, além de saber a forma correta de aplicar a pedra portuguesa, é preciso estar atento à forma adequada de inseri-la na decoração, para uma composição harmônica. Em lugares, muito estreitos não é indicado o uso desse material, pois as pedras podem machucar as pessoas devido à sua textura.

Outras dicas: As pedras portuguesas proporcionam visual mais interessante se dispostas de forma a criar grandes painéis, já se colocadas em pequenos detalhes no espaço, a tendência é que as irregularidades características dessa pedra fiquem em grande evidência, gerando um aspecto negativo. Esse material deve ser bem utilizado nos espaços residenciais, com combinação entre as diferentes cores do revestimento. No mercado, há diferentes formas e desenhos, nas cores branca, preta, amarela, marrom e bege.

Gostou, então compartilhe!